Rio nas altura por Nilo Lima

RIO CARNAVAL

domingo, 29 de maio de 2011

Meditação


Meditação

Hoje eu entro no campo da meditação
Colho momentos presentes e passados
Semeio momentos futuros
Nessa terra adubada de amor
Rego com o choro da saudade
Aguardo o fruto da esperança
No perfume que se planta

E nesse meio rendo-me a natureza
Fértil e aconchegante
Onde moro envolvido
Pelos verdes verdejantes
Nos amarelos das flores
Beijadas pela sutileza de outras cores
A florir num todo meu sentimento explodido

E me sinto criado e criador
Onde me foi ofertado o dom da poesia
Livre como os pássaros gritantes

Criado pelo Grão Mestre a me ofertar o direito
De me pertencer ao meio poético
De tantos e tantos escritos
Num fervilhar de palavras em versos

Criador em ter emoldurado
Com a perfeição de artesão
Uma imagem sem par

A morar num reino encantado
Onde sou um eterno servidor
A cortejar seus encantos encantados

ONTEM, HOJE E O AMANHÃ

mochiaro

2 comentários:

  1. Bruxo, seus poemas sao liricos como as flores do campo e suave como a brisa da serra.q inveja!!! só sei com a brasa a queimar minh´alma ou com o sal que "vermelha" meus olhos!
    sera que é porisso que te gosto????


    bjssss

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    somos da assessoria de comunicação de um grupo de artesãos que desenvolvem objetos para ajudar a aliviar o stress e a ajudar na meditação, como japamalas, masbahas e kombolóis. Gostaríamos de convidá-l@ para uma visita em nosso blog e Facebook: http://maosocupadas.blogspot.com

    Um abraço,
    Ahow! Comunicação

    ResponderExcluir